Domingo
15 de Julho de 2018 - 
Tirando suas dúvidas jurídicas, fazendo valer seus direitos.

Notícias

Juízes leigos produzem mais de 2 mil atos processuais em juizados da capital e interior

Dados do primeiro relatório de produtividade, feito pelos juízes leigos do Poder Judiciário do Rio Grande do Norte, apontam que eles elaboraram 2.067 atos processuais. Deste montante, 95% foram minutas de sentenças, nos núcleos de atuação dos Juizados Especiais do estado. As informações referem-se a março de 2018. A coordenadora estadual dos Juizados Especiais, juíza Sulamita Pacheco, salienta para o sucesso deste trabalho e os resultados alcançados, neste início de atividades, o esforço da atual administração do TJRN. Ela destaca o apoio do presidente do Tribunal, desembargador Expedito Ferreira, para incorporar os juízes leigos ao sistema dos Juizados Especiais. Para a magistrada, a iniciativa se mostrou acertada, na medida em que já apresenta resultados imediatos para o cidadão que busca o serviço do Judiciário, principalmente quanto à razoável duração do processo e ao acesso à Justiça. Os mais de 2 mil atos processuais foram produzidos por 44 juízes leigos, atuantes em unidades dos Juizados Especiais de Natal, Parnamirim, Pau dos Ferros, Mossoró, Assu e Currais Novos. Esses advogados foram contratados pela Justiça estadual em janeiro e irão trabalhar durante dois anos para o Poder Judiciário, auxiliando magistrados presidindo audiências, instruindo processos e preparando minutas de sentenças.
13/04/2018 (00:00)

Ambiente interno

Acompanhe seu processo

Webmail

Atualize-se por email

© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  57027